Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘the l word’

Vamos juntar as palavras: garotas. bonitas. lésbicas. atitude. rock. and. roll. E, por fim, mas certamente não menos importante: tudo isso junto em um MUSICAL! É quase como um sonho meu se tornando realidade. Mas não, as notícias boas não acabam por aí: estamos falando de um filme dirigido por uma diretora com ótimas sacadas, afinal de contas, é Angela Robinson o “clássico” D.E.B.S. e aquela versão bestinha e bonitinha do Herbie com Lindsay Lohan (ok, o filme é ruim, mas tem Lindsay…). E mais: no elenco, as duas gracinhas de South of Nowhere, minha musa da quinta temporada de The L Word (Clementine Ford), entre outras moças do elenco dessa saudosa série.

Então, sem mais suspense, com vocês, o trailer de Girltrash, não mais a minissérie da web (divertidíssima), mas um musical sobre uma garota (a Spence de South of Nowhere) seguindo os passos da irmã mais velha na biscoitagem nossa de cada dia. Divirtam-se:

E sim, no elenco: Clementine Ford, Gabrielle Christian, Mandy Musgrave, Kate French (a Nikki de The L Word), Rose Rollins (a Tasha de The L Word) e a linda Michelle Lombardo.

Read Full Post »

Alguns acidentes (de quase todos os tipos) me impediram de postar isso antes. Mas finalmente consegui sentar, anotar tudo que vocês escreveram por aqui (incluindo as minhas opiniões pessoais) e eis que, aleluia, entrego a vocês a lista dos melhores beijos biscoitos de 2009. Have Fun.

1º – Emily e Naomi, depois de um banho gelado no lago: porque tudo pode ser uma questão de iniciativa (clicar na foto para ver vídeo):

da sessão "vale a pena ver de novo"

(mais…)

Read Full Post »

Estamos já no finzinho do finzinho do ano e, claro não poderia faltar aqui uma retrospectiva, digamos, setorizada. Fiz um brainstorm com Lorena e minha irmã e eis às conclusões que chegamos, num top 5 positivo e negativo do que se passou em 2009.

Os 5 Melhores Momentos

"just fuckin kiss me!"

1 – Naomily: “Eu te conheço Naomi. Sei que você é sozinha. Você precisa de alguém que te queira. Bem, eu te quero. Então seja corajosa e me queira também” Custou, mas Naomi, nos 45 do segundo tempo, teve a coragem que todas esperávamos e não apenas quis Emily, como se deixou querer. E vamos combinar que uma série que consegue colocar as aspas acima na voz de uma adolescente e fazer com que elas ecoem como verdade merece todos os prêmios do mundo. E com toda a leitura que tenho de séries com personagens lésbicas ou bissexuais (e não foram poucas as que eu vi), posso garantir: nunca antes na história da TV houve duas meninas que tão bem refletiram todas as angústias, incertezas e frios na barriga que é a descoberta da sexualidade quando ainda se é adolescente.

(mais…)

Read Full Post »

A vida pós-Tina

laurel holloman

A atriz Laurel Holloman deu uma entrevista exclusiva ao She Wired falando, entre outras coisas, sobre reality show, a finada The L Word, seu futuro na TV e que programa de tv favorito gostaria de fazer parte. Ela também faz algumas considerações sobre a existência de tão poucos programas voltados para o público gay. Para ler a íntegra da entrevista, aqui. Como é costume, selecionei alguns trechos da reportagem. Quem for curiosa…

(mais…)

Read Full Post »

The L Word versão reality show

ilene: the l word, em versão reality

ilene: the l word, em versão reality

A diretora Ilene Chaiken, a louca da pedra lilás também conhecida como alterego de Jenny Schecter, anunciou que está a frente de um novo projeto derivado de The L Word: estamos falando de um reality show inspirado nas personagens da série. O canal Showtime, o mesmo que produziu e exibiu The L Word nos Estados Unidos, anunciou que em 2010 estreia o programa The Real L Word: Los Angeles.

O título já diz praticamente tudo o que precisamos saber: as câmeras vão acompanhar o dia-a-dia de seis lésbicas bem-sucedidas em Los Angeles, seus dramas, amores e, claro, como esse é um reality show, barracos. Ilene, a mulher por trás de The L Word, está na produção executiva do programa ao lado da turma do Magical Elves, os mesmos que já emplacaram realitys como Project Runway, Top Chef: Masters e Treasure Hunters.

Eu tenho várias opiniões sobre reality shows, ainda que mal formuladas e bem longe de formadas. De uma maneira geral, creio que eles refletem esse estado Show de Truman em que a ficção precisa legitimar a realidade. Poderia passar longos parágrafos aqui discorrendo sobre de que maneira isso afeta o nosso próprio sentido do real, mas vou poupar vocês de minhas elucubrações. Só sei que seis lésbicas em Los Angeles discutindo suas vidas pessoais me parece um tanto boring. A não ser, claro, que essas seis mulheres me surpreendam (embora eu duvide muuuito encontrar uma lésbica da estirpe de Bette Porter em cena).

Em tempo: vários outros reality shows exclusivamente com lésbicas já foram exibidos nos Estados Unidos, alguns programas chegaram à TV aberta, como o muy fraco Curl Girls, da MTV, outros foram exibidos via web e canais pagos como a Logo TV, caso do programa Gimme Sugar (igualmente entediante).

Read Full Post »

Mais de 1600 comentários em um só post, 33 comentários para aprovar, e trinta milhões de notícias que passam diante dos meus olhos diariamente….ok, 30 milhões é um pouco demais, mas a conta é grande acreditem. Mas vamos aos poucos tentar recuperar o tempo perdido com um post de algumas pequenas notícias que circularam pela web durante esses últimos dias. Eis a lista:

1) Ilene Chaiken anunciou em uma conferência de blogs lésbicos que está trabalhando no roteiro do filme de The L Word e que este mesmo longa-metragem iria solucionar o caso “quem matou Jenny”. Diante de tal informação, me resta imaginar que isso se trata de:

a) mais uma pegadinha de Ilene…
b) Ilene acha bonito ser uma mentirosa compulsiva (a lembrar que foi ela quem jurou que Carmen ia voltar no fim da última temporada da série)
c) ela realmente está escrevendo um roteiro, mas esqueceu que é preciso algum produtor para comprar sua ideia
d) é isso mesmo, vocês verão Bette lambendo o pescoço de Tina em 3D Imax. Aham.
e) Ilene quer fazer um filme da série para esclarecer de uma vez por todas que quem matou Jenny foi…hahahahahahahahahahahaha (essa é a risada macabra de Ilene ecoando sobre nós)

Mais notícias ao longo do post

(mais…)

Read Full Post »

time goes by so slowly

time goes by so slowly

Essa Marlee Matlin é uma danada mesmo. Eis alguns dos depoimentos da atriz (hetero) que interpretou a ousada Jodi de The L Word em uma entrevista para o AfterEllen.

Preciso admitir que é muito mais fácil beijar uma mulher do que um homem.

Na verdade, não há muito o que falar aqui. Jennifer Beals é gostosa. Simples assim. (nunca pude concordar tanto com alguém!) Não tive qualquer problema em beijá-la. Primeiro, porque somos amigas há 20 anos, então eu sabia que não haveria julgamentos baseados nela não saber quem eu era. Segundo, porque somos familiares uma a outra. E quando se está atuando é tão mais fácil trabalhar com alguém que você conhece do que com um desconhecido.

Qualquer um, independente de sua preferência sexual deveria poder se casar com quem se quisesse. Ponto final.

ps.: meninas (e meninos), estou em processo de mudança e, no meio disso tudo, à mercê de uma conexão 3G que só não é mais rápida que o objeto de estudo do Projeto Tamar.

Mas ainda esta semana teremos: os vídeos legendados com o casal Sarah e Lydia, de Hollyoaks, nova enquete, Arlet e Dani, o casal catalão e muito mais.

Read Full Post »

Older Posts »