Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \25\UTC 2011

Apesar de nunca termos dado a devida atenção a esta série, venho por meio deste (post) dizer que tenho um novo casal adolescente favorito no horizonte. E ainda que uma das partes se chame Emily e a outra não se chame Naomi, confesso que me encontro bastante apegada a Shay Mitchell, intérprete da Emily em questão. Como boa parte de vocês deve saber, estamos falando de uma das quatro protagonistas da série Pretty Little Liars, hit nos EUA mas ainda não exibida no Brasil. E possivelmente vocês também sabem que Emily até bem pouco tempo tinha uma namorada chamada Maya, que era uma fofa e tal, mas saiu de cena antes que a gente pudesse criar laços afetivos mais fortes. E eis que agora, a ex arqui-inimiga de Emily na natação (sim, volta e meio vemos as moças de maiô!), Paige, revelou no penúltimo episódio que sua implicância com Emily era, na verdade, atração…e terminou beijando Emily dentro do carro. Os vídeos abaixo são do episódio da próxima segunda-feira, em que Paige volta à cena.

Resumindo: Emily esbarra em Paige e descobre que ela a está evitando. Emily pede pra conversar sobre o que aconteceu “hello gata, você me beijou!”, mas Paige tá com medinha das repercussões disso (a lembrar que a personagem foi introduzida como uma quase homofóbica garota).

Mas é claro que a história não acaba por aí…recomendo…

(mais…)

Read Full Post »

Por que eu ouço essa mulher?

Com tantas mulheres turbinadas metidas a cantora por aí, eu sempre prezo por aquelas com atitude e que não temem em dar a cara à tapa. Beth Ditto, frontwoman da banda Gossip, é uma dessas criaturas, que – ufa! – além de não ter medo de ser feliz, canta e faz música legal. Ditto, que já posou peladinha para uma revista de música, mostrando sem pudor seu corpão nada convencional para os padrões de beleza contemporâneo, é garantia também de uma boa balada. Em março, será lançado pro resto do mundo – e isso inclui nós, já que seu lançamento em janeiro foi para poucos privilegiados –  seu primeiro EP solo. Seu novo videoclipe para a canção “I wrote a book”  nos deixa uma pista do que vem por aí.

Provavelmente, ao assistir ao vídeo, você terá uma sensação de déjà vu. Sim, é o Justify My Love, de Madonna, como referência do começo ao fim. Estamos, afinal, falando de moças com atitude, e isso a digníssima “M”  sempre teve de sobra.

Read Full Post »

Meninas, eu mais uma vez em falta com vocês, mas essa longa temporada pré-Oscar está me matando de trabalhar…De qualquer forma, estou passando rapidinho aqui para compartilhar com as senhoritas e senhoras um “insight” que tive depois de ver mais um episódio do Skins UK (sim, porque o Skins USA eu já desisti faz tempo…transformar uma lésbica em hétero? jura?).

Pois bem, voltando ao Skins UK, sempre um bom show de se assistir, me ocorreu que a complexa Frankie é, na verdade, três pessoas em uma só. Existe algo de paranormal nessa minha constatação, mas no fim de tudo vocês hão de concordar comigo.

prazer, meu nome é frankie, também conhecida como...

Quer saber o resto da história? Então… (mais…)

Read Full Post »

Deveria agradecer o One More Lesbian por existir. Em dias em que nada funciona, e até minha voz  falha, sendo eu obrigada pela médica a fazer um “repouso vocal”, só me resta ver e ouvir outras pessoas falarem por mim. E são em dias assim que eu fico procurando trailers de filmes, pedaços de vídeos sem sentido, videoclipes e por aí vai.

Como resultado do meu dia no “mute”, selecionei três vídeos independentes, de produções com temática que nos interessa. O primeiro traz uma sessão de foto e entrevista com Jessica Clark. Há alguns dias, postei um curta interessante com ela no blog e peço permissão para dar destaque novamente à moça. Ela é agora uma das estrelas do filme A Perfect Ending, ao lado de Barbara Niven.

Parte do filme foi financiada por doações. Fala da história de Rebecca, que traz consigo um grande segredo, do tipo que não revela nem a sua melhor amiga. “O que começa como uma comédia de erros termina como uma jornada única e erótica”, diz a sinopse.

(mais…)

Read Full Post »

Prenda-me, Beals, se for capaz!

Estivemos ausentes um pouco do blog, mais por razões profissionais do que por abandono. Mas tive que dar um tempo em tudo que andava fazendo no momento para comentar sobre o burburinho que as biscoitas norte-americanas estão fazendo no twitter sobre o piloto da série Chicago Code, que foi ao ar nessa segunda-feira nos EUA. Ela traz em seu elenco principal a maravilhosa atriz Jennifer Beals, Bette Porter para os mais íntimos.

Desta vez, Beals abandonou as galerias de arte e trocou L.A. por Chicago, mas continua fazendo cara feia para qualquer ousado que tente dar pitaco em seu trabalho. Além do profissionalismo, está sempre sensualizando num terninho. Em Chicago Code, ela ainda anda armada, deixando-nos com vontade de sermos presas, sem direito à liberdade condicional.

Na nova série da Fox, a atriz interpreta a policial Teresa Colvin, primeira mulher superintendente de polícia a botar moral em Chicago. Seu objetivo é muito simples: combater a corrupção que assola a cidade e meter policiais escroques e mafiosos atrás das grades.  Pelo barulho que andam fazendo no twitter, a série parece ser boa de verdade, embora a presença de Beals seja motivo mais do que suficiente para baixá-la. Sim, porque mesmo interpretando outra personagem, há algumas fotos promocionais da série que quando eu vejo juro que estou diante de Bette Porter:

Durante os intervalos do grandioso Super Bowl, no domingo, os americanos conferiram vários teasers da série. Biscoitas não dormiram e bateram ponto em frente à tv para não perder absolutamente nenhum minuto de Beals. Como bem escreveu Dorothy Snarker,  em seu twitter: “ao primeiro som da voz de Jennifer Beals, milhares de lésbicas desmaiaram ou tiraram as calças. Provavelmente os dois“.

Pensando bem, vou ali assaltar uma joalheria em Chicago e tomara que não volte mais.

Read Full Post »