Feeds:
Posts
Comentários

Archive for dezembro \19\UTC 2011

Antes que me perguntem onde estão os resumos do final da temporada de Tierra de Lobos, aviso: Carol está à frente disso e me garantiu que sairá logo. Postarei as legendas assim que a correria de dezembro deixar.

Agora vamos à série que dá título ao post.

Venice está de volta  e durante todo este tempo estive procurando uma forma de contar como está o drama do finado casal Otalia, agora praticamente encarnado nas personagens Ani e Gina.  Como pedido de desculpas por tanto atraso (a série voltou a ser “exibida” há pelo menos um mês, exclusivamente para quem pagou pelo acesso aos episódios), olhem o primeiro comentário do post. Deixei um presentinho para todas. Tudo em ótima qualidade. Só falta uma alma boa para legendar, porque meu tempo livre não existe mais.

Só recapitulando o que aconteceu na temporada passada: Ani desistiu de Gina, depois de tantas idas e vindas do amor. Ela agarra a linda Lara, escritora e… alcoólatra.  Num desses momentos de caninha 51 em excesso, Lara brinda Ani com um olho roxo. Maria da Penha nela, certo? Errado. Só rolou crise no namoro e Lara prometendo pedir ajuda ao AA.

Gina escreve uma linda carta para Ani, mas não tem coragem de enviá-la. Seu pai, preconceituoso, mas tocado com a dor de cotovelo da filha, termina mostrando que tem sentimentos, e manda a tal carta para Ani, sem sua filha saber. Na vida profissional, Gina não foi cautelosa e sua assistente Michele pisa na bola ao enviar um projeto importantíssimo de um cliente importantíssimo, sem a assinatura da importantíssima designer de interior (sim, Gina é designer de interior, lembram?)

Guya, a tia de Gina super alto-astral e pegadora de rapazes mais novos, continua brincando de “I see dead people”.  Uma mulher não para de aparecer na sua frente pedindo ajuda. Momento de suspense da série (?).

E para não deixar de mencionar o irmão boa praça de Gina, Owen Brogno,  aviso logo que ele continua desempregado, apesar de mentir para todo o elenco que estava trabalhando num filminho. O cara não tem sorte na vida profissional e no amor, já que brigou com a namorada, depois de flagrá-la com seu primo cretino (Van) num mal-entendido bem soap opera americana. Para fechar com chave de ouro, Owen passa a noite com outra mulher.

Depois do super resumo, vamos ao dos primeiros quatro episódios da 3ª temporada de Venice.

(mais…)

Read Full Post »

Em homenagem às nossas quartas-feiras globais com a saga mais enrustida do cinema.

Read Full Post »

É fato: odeio o Vimeo, porque não posso ter conta plus. É o único que me permite postar vídeos com mais de quinze minutos de duração, mas com conta gratuita levo quase 1 hora para ter o vídeo finalmente online. Outra chatice é essa frescura do Youtube com restrições a não receber vídeos com mais de 15 minutos de duração. Se souberem um jeito de burlar isso, avisem. Se tiverem um bom programa que divida um vídeo super bem, sem cortar a fala no meio, por favor, deixe seu recado também. Será muito bem-vindo.

Agora vamos ao que importa. Cá estou cumprindo com a minha promessa: as cenas de Crisabel no penúltimo capítulo da temporada. Curti bastante. E, na boa, levava as três irmãs Lobo para casa. Dava comida e roupa lavada para elas. E montava um bordel na esquina de casa só com clones de Cristina, porque a oficial ficaria lá em casa, a mi lado, por supuesto.

Read Full Post »

Garotas, sei que estamos sem postar faz alguns dias, mas foi por um motivo nobre e biscoito. Toda vez que encontrava um tempo, legendava cenas do nosso casal do momento, Crisabel. Aos poucos, fui subindo os vídeos para o youtube, mas terminaram retirando quase tudo do ar. Tive que reenviá-los novamente, da forma mais discreta possível, sem fazer muita menção à série.

Gostaria de encontrar forças (eita drama!) e bom humor para fazer a review do capítulo 11, que foi tristíssimo. Deixo, por enquanto, para vocês, as cenas de Crisabel legendadas. Quando tiver o capítulo 12 baixado, começo a legendar as cenas das duas.

Divirtam-se e não esqueçam de ativar as legendas clicando em “cc”.

(mais…)

Read Full Post »