Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘filmes’ Category

O Cornetto, sim, o sorvete, está patrocinando uma série de curtas-metragens sobre essa coisa mucho-loca-pero-increíble de se apaixonar. E aí que fizeram esse filminho aqui mega blaster fofo narrado pela Lily Allen (que faz uma ponta também no curta) sobre a improvável história de amor entre uma boleira e uma tenista famosa e gata chamada Maria (mas não é a Sharapova gente, calma). Enfim, o filme está em inglês, mas mesmo pra quem não entende a língua fica bem fácil saber o que se passa em cena. Vejam que lindeza:

Read Full Post »

Captura de Tela 2014-03-21 às 23.31.35

Vocês, meninas sabidas que são, já devem conhecer a cantora/atriz/modelo/topas-todas-tu Soko. Já até colocamos clipe dela por aqui no blog. Conhecendo ou não, achei oportuno o momento para voltarmos a falar da moça. Isso porque há alguns dias a internet inteira + a torcida do Flamengo, do Corinthians e qualquer outro time enfim, postou um vídeo supostamente mega fofo, naquele nível “voltamos a acreditar na humanidade” de um tal “primeiro beijo entre desconhecidos”. Enfim, desconfiada e ciente de quem era uma das moças a beijar outra moça nesse vídeo, saquei logo que se tratava de uma campanha. Para você, que estava em órbita extra-terrena, e não viu, estamos falando desse vídeo aqui, uma campanha publicitária de uma marca de roupa que nem convém aqui mencionar o nome:

(mais…)

Read Full Post »

Amo curta-metragens. Infelizmente, temos poucas oportunidades de assistí-los (surgiro, aliás, o excelente Porta Curtas que armazena uma quantidade incrível de curtas nacionais). Curtas bons com personagens lésbicas então, aí minha gente, é achar pepita de ouro no meio de um grande lamaçal. São poucos aqui os que me lembro. Mas eis que clicando aleatoriamente em vídeos pelo u-tube, dou de cara com esse filme bastante simpático vindo lá da França e exibido no ano passado. Está com legenda em inglês, mas nem precisa tanto. Boa parte da dinâmica se entende sem precisar de idioma algum.

Relaxem, respirem fundo (só não fechem os olhos) com Bouddhi Bouddha, de Sophie Galibert:

Em tempo: que delícia meditar com essa amiga viajante hein? Queria uma dessa – com esses olhos incríveis – pra mim também.

Em tempo 2: já curtiu nossa página no Facebook? Tamo devagar, mas tamo-indo 😉

Read Full Post »

Hola chicas! ¿Que tal? Soube agora da notícia de que uma série que a mi me gustava mucho lá nos idos de 2007 pode ganhar uma versão americana, no formato de um filme (que será falando em espanhol, com legendas em inglês). Chica Busca Chica foi uma das primeiras webséries com produção séria, roteiro e elenco interessantes, vocês podem ver todos os 16 episódios aqui.

Agora as mesmas moças que produziram aquela temporada querem fazer um filme e, claro, ninguém tem dinheiro. Entra em cena mais um crowdfunding… ainda que elas não tenham aberto ainda a página onde podemos colaborar.

Um incentivo a mais para ajudar o projeto? Bem, digo apenas que quem se une agora ao time de atrizes é Adriana Torrebejano, mais conhecida como a Isabel da novela Tierra de Lobos (em tempo: sobre o triste fim do casal Isabel e Cristina eu preciso fazer um post-desabafo mais tarde). E sim, Celia Freijero, a atriz que fazia a perigosa e muy caliente Nines, também está no projeto do filme.

Confira o teaser do crowdfunding abaixo (em inglês):

Em breve, posto aqui como o crowdfunding vai funcionar.

Read Full Post »

Uma produtora cubano-americana decide colocar sua mãe diante das tão faladas cenas de sexo do filme e o resultado é apenas o vídeo mais hilário e incrível do mês.

Meu top 5 melhores momentos:

5 – Ela suando
4 – Ela bebendo sem parar
3 – Ela roncando (assistam até o final)
2 – Ela virando a tela do computador pra tentar entender o que tava acontecendo
1 – Ela dizendo que precisa se alongar mais pra ter a flexibilidade das meninas

Read Full Post »

E não, não é Shay Mitchell de quem estamos falando. Mas possivelmente da atriz que TODAS que já assistiram à essa série gostariam de ver em uma cena biscoita. Pois bem meninas, taí (mais ou menos) o que vocês pediram: Troian Bellisario, a Spencer de PLL, em um curta-metragem chamado Intersect, em que ela vive uma moça que termina se interessando pela… namorada do pai. Quando eu coloquei o “mais ou menos” entre parênteses acima, isso significa que:

1) o curta é fraquinho
2) não vá esperando uma história romântica
3) tem um pressuposto meio preconceituoso e bobo com feministas

Enfim, mas ainda assim será uma chance única de você assistir a Troian pagando de menina desajeitada, o que por si só já é um charme.

(como o filme não tem legendas ainda, segue o resumo: Moça se vê sozinha com a namorada de seu pai depois que falta gasolina no carro no meio do deserto. Começa uma tensão estranha entre as duas e, no momento clímax do filme, a namorada do pai solta um discurso teoricamente “dirty” dizendo pra personagem de Troian de porque ela gostar de… trepar o cara. E daí acontece o que a gente já espera…)

Curta aqui a página do Lebiscoito no Facebook!

Read Full Post »

adele5

Pois bem, eis que finalmente estreia no Brasil o filme que 11 entre cada 10 lésbicas do mundo estavam se coçando, quebrando azulejo, perdendo horas de sono só pensando em assistí-lo.

Vi o filme há pouco mais de um mês (não podia postar nada por questões de embargo e coisa e tal). Tentei não ler nada sobre ele antes de entrar no cinema. Quando saí da sala e se passaram aquelas horas pra recuperar o fôlego, comecei a catar textos na internet sobre o filme. Não exatamente críticas, mas textos que me dessem uma panorama do que as lésbicas em particular tinham achado do filme. Não para minha surpresa, o que vi foi uma série de argumentos chamando o filme de tudo, menos de pão doce. Muitas feministas acusando o longa de fetichista e muitas lésbicas o condenando por… “não ser um filme lésbico”.

Pois bem… tão confortáveis? Porque estou me sentindo obrigada a defender o olhar do diretor Abdellatif Kechiche nessa história. E para tanto sentem que lá vem texto.

—> NÃO SE ESQUEÇAM DE CURTIR NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK <—

(mais…)

Read Full Post »

Juro por tudo no mundo que dentro em breve estarei falando de outros assuntos aqui no blog (nova temporada de Tierra de Lobos, programação Mix Brasil…), mas venho dar boas novas. É que o filme que mais importa no ano está chegando aos cinemas brasileiros agora em dezembro, mais especificamente no dia 6 de dezembro, porque a Mamãe Noel é biscoita e resolveu nos dar esse presente de Natal antecipado. O filme vai se chamar Azul É a Cor Mais Quente (e quem sou pra dizer que não é?).

E só porque eu amo muito todas vocês, fiquem com essa cena incrível de linda do filme.

E de bônus, porque na verdade Mamãe Noel soy jo, fiquem vocês com esse ensaio fotográfico que a GQ fez com Adele Exarchopoulos.

ATENÇÃO, o que se seguem são imagens fortes, que podem causar: taquicardia, falta de ar, distonia e salivação crônica.

(mais…)

Read Full Post »

Beija eu, beija eu, deixa que eu VEJA ESSE FILME LOGO POMBAS, libera a estreia Imovision!!! Quando finalmente temos um filme lésbico digno de boas críticas (salvo raras exceções como Amigas de Colégio e Kyss Mig a filmografia biscoita costuma ser um desastre), vencedor de nada menos que a Palma de Ouro em Cannes (e sim, é muito mais importante ganhar a Palma de Ouro que levar um Oscar), esse filme fica retido. Não chegou à programação do Festival do Rio e tampouco à Mostra de São Paulo. Tão segurando o filme minha gente! Vamo fechar a Paulista DJÁ!

Protestos à parte, o importante é que o filme está chegando e que até lá eu vou ficar passando essa cena em looping no meu computador. #soudessas

Agora me digam vocês: QUE CASAL É ESSE? Adèle Exarchopoulos e Léa Seydoux, cês tão de PARA!

EM TEMPO: O Lebiscoito agora tem Facebook! Sim, estamos voltando a atualizar este blog que vos escreve e postaremos novidades por lá também! Curte nós: https://www.facebook.com/lebiscoito

Read Full Post »

Não, não é uma intrusa: sou eu mesma voltando para dar o ar da graça, chicas! Longas e intermináveis semanas envolvidas com trabalho, obras de apartamento novo e  um danado de um carnaval bem no meio de tudo isso, só restou mesmo me ausentar por algum tempo. Mas tô por aqui ainda, viu?

E o Oscar 2012, hein? Meryl Streep mereceu ou não? Pra mim, esta digníssima senhora demorou e muito pra levar outra estatueta. E eu estou sempre do lado dela, aviso logo!

Semana passada estava vendo o filme Annie Leibovitz – a vida através das lentes (2007) e lá estava ela, a Meryl, onipresente com seus 30 e poucos anos de idade, também sendo capturada pelas câmeras de uma das fotógrafas mais faladas das últimas décadas. Vale a conferida no filme, por sinal, que mostra um pouco do processo criativo de Annie, sua obsessão pela fotografia, além de tocar  no relacionamento dela com a grande ensaísta e ativista Susan Sontag.

A obsessão de Leibovitz em ver o mundo por meio de sua câmera não foi esquecida nem nos últimos momentos de vida de sua ex-mulher, que morreu de leucemia. Poucas horas antes de Sontag falecer, lá estava ela registrando as últimas imagens da escritora, já praticamente irreconhecível numa cama de hospital.  Em uma das cenas mais tristes do filme, Leibovitz se emociona ao falar da ex-companheira, deixando-nos com a certeza de que o que elas sentiam uma pela outra era nada mais que amor – e daqueles bem verdadeiros.

meryl by leibovitz

Read Full Post »

Older Posts »