Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘esportes’ Category

AKINAUMDEWO: O BRASIL FOI DO GARAY!

Read Full Post »

Feliz 2012!

Antes de tudo: um Feliz Ano Novo para todas vocês, meninas! Dezembro foi um mês super corrido para mim, com muito trabalho e uma viagem de última hora, bem no finalzinho do ano, por isso fiquei muito tempo longe do blog. Mas 2012 está apenas começando e espero encontrar mais tempo para postar por aqui. Já faz alguns dias que consegui legendar o último capítulo da segunda temporada de Tierra de Lobos, mas, realmente, ficou difícil conseguir postar no mês passado.

Estive na Bahia por esses dias e eis quem encontro na Praia do Forte, caminhando por entre as ruas, sem ser notada: Fernanda Venturini. Sei que a mulher é meio odiada por várias frequentadoras deste blog, mas tinha que comentar isso por aqui. Nem que fosse para vocês falarem mal dela nos comentários (rs).

No mais, torçamos para que 2012 seja um ano de muitas novidades no mundo biscoito.

Read Full Post »

Bons tempos aqueles em que eu me arriscava no handebol. Palavrões, bate-boca e muita unhada. Hoje, depois de um jogo com muitas provocações contra as argentinas, deu até vontade de estar em quadra também.

O Brasil é ouro no Pan no handebol feminino, mas é lamentável que seja ainda um esporte tão ignorado pela mídia. Que haja mais momentos como este para lembrar-nos que estamos vivas por aí.

#CHUPARGENTINA!

Read Full Post »

É ouro no Pan, garotas!

Que jogo!

Brasil x Cuba, clássico do vôlei. Melhor que final de Copa do Mundo. Melhor do que qualquer clássico de futebol. Um jogo desse é garantia de frio na barriga e gritaria na frente da televisão. Os vizinhos podem reclamar à vontade, porque tava engasgado aqui na garganta: #CHUPACUBA!

Read Full Post »

Mari e Sheilla: campeãs da Superliga

Uma atleta excepcional. Foi assim que Bernardinho, técnico do Rio de Janeiro, definiu a performance de Sheilla, uma das melhores – talvez a melhor – jogadoras em quadra hoje no clássico Unilever/Rio de Janeiro x Sollys/Osasco pela final da Superliga Feminina de Vôlei. Destaque também para a ponteira Mari, que jogou bem, mesmo voltando às quadras depois de  uma delicada cirurgia no joelho. Justo mesmo seria destacar o time inteiro, que jogou demais, numa sintonia digna de seleção brasileira. No entanto, nunca poderia deixar de destacar as duas moças, né?

Não vou esconder que torci para o Osasco ter jogado bem melhor, para equilibrar a partida de verdade, mas a superioridade do time carioca era clara. Apesar dos placares dos dois primeiros sets (25/23, 30/28 e 25 para o Rio de Janeiro) darem a entender que o jogo seria bastante equilibrado, e que seria decidido num emocionante quinto set, qualquer pessoa com um mínimo de senso crítico via que as cariocas eram superiores em tudo. Puderam também contar com a confiança, coisa que parecia ter faltado ao time adversário. Nunca esperei ver um Osasco se entregar tão facilmente. A experiente Sassá foi a melhor jogadora do time paulista. Jaqueline, também se recuperando de uma cirurgia no joelho, não entrou no jogo de verdade. Jogou mal. Natália, bem marcada, também deixou a desejar para quem esperava dela um performance digna da que apresentou no clássico do ano passado. Restou então ao Rio deitar e rolar no terceiro set, ofuscando por completo o time paulista.

Sem preferência por qualquer dos dois times, e torcendo mais pelo espetáculo de presenciar essas grandes jogadores em quadra,  não dá para esconder que o Univeler/Rio de Janeiro mereceu o heptacampeonato. Vitória super merecida.

Parciais do jogo: 25/23, 30/28 e 25/19. (3 sets 0 – Unilever/Rio de Janeiro)
Local: Ginásio do Mineirinho (MG)

Read Full Post »

quem entra na seleção das mais "hots" do brasil?

Oi meninas, olha eu aqui trávez. Dia de jogo da seleção e todo esse clima de Copa do Mundo me deu uma ideia. Recentemente, como vocês devem saber, o site AfterEllen anunciou a sua lista 2010 das 100 mais Hot do mundo e, claro, várias das atrizes, cantoras e musas biscoistas de quem falamos aqui constantemente apareceram na lista. Mas hoje tenho uma sugestão mais modesta. Pensei em perguntar a vocês, leitoras fiéis, quem seriam as mulheres brasileiras que poderiam estar na Seleção das 11 mais estonteantes e irresistíveis musas biscoitas.

A regra é simples: sim, elas precisam ser brasileiras e sim, vocês podem enviar uma lista de 11 nomes, por ordem de preferência. O resultado final será divulgado somente depois da primeira fase da Copa do Mundo, ou seja, no dia 26 de junho.

Escolham seus nomes e postem nos comentários porque a Copa do Mundo também é nossa!

Read Full Post »

Meninas adoradas e amadas,

estava desde sexta-feira sem internet e somente agora à noite voltei ao mundo virtual. Mas ÓBVIO que eu não pude deixar de conferir, neste domingo, o jogo sensacional da final da Superliga Feminina. Desculpem, por favor, as fanáticas pelo Rio de Janeiro, mas eu tava torcendo pelo Osasco. Digamos que tenho um certo abuso do Bernardinho, apesar de reconhecê-lo como um profissional de primeira.

A partida foi tudo que esperávamos e nada melhor do que morrermos do coração até o tie-break para saber quem venceria. Também não tinha plateia de celebridades da Globo que roubasse o brilho das meninas na quadra. E, apesar de nunca termos dado destaque para ela por aqui, não dá para esquecer o desempenho fenomenal da Natália, do Osasco. Também teve Joycinha no lado do Rio, que jogou muito. No entanto, pesou ao final a garra da equipe paulista, puxada pela Natália. Depois de ganhar uma amarelinho do juiz, a moça ficou ensandecida. Como bem definiu um linda e maravilhosa pessoa que via o jogo do meu lado: “essa daí (Natália) tá com o cão nos côro” (sic).

Merecida vitória, final emocionante.

Read Full Post »

Shari que me desculpe….

mas Mariana Costa é fundamental!

A essa altura, todo mundo já sabe que o jogo da última quinta-feira (18.02), no Recife, deu São Caetano com três sets ganhos em cima do Sport. Quem fechou mesmo foi a ponta Mariana Costa (a Mari Paraíba), cujo nome me era familiar e cujo rosto já tinha visto rapidamente em vários sites, mas nunca reparado de verdade. Com Mariana na quadra, até me esqueci que o meu time estava perdendo. Até me esqueci que Mari e Sheilla estavam ali do lado.

Falando nas musas, Mari e Sheilla jogaram razoavelmente bem.  Já as vi, no entanto, jogarem melhor.  Mas há algo que as fez  muito superiores ao time adversário: elas souberam decidir o jogo. E nesse quesito, Mariana Costa não também não ficou atrás. Fez pontos importantes, jogou duro, errou algumas vezes, é verdade, mas apareceu muito bem.  E com unhas pintadas no rosa da moda.

O troféu SuperLINDA Feminina de Vôlei da semana vai para Mariana.

(mais…)

Read Full Post »

Há alguns meses recebemos alguns e-mails de leitoras assíduas do blog pedindo algumas listinhas sobre mulheres e esportes. Pois bem. Como meu mundo “atlético” basicamente se resume a vôlei e futebol (algumas vezes uma partida de tênis na televisão), eu me sinto um tanto inibida de dar nome aos bois sobre nosso legado de biscoitas esportistas brasileiras. E vamos combinar: como ainda não possuímos a cultura do “deixa eu te contar pra que time eu jogo” entre nossas atletas, fica difícil fazer uma listinha que vá além da mera “atletas que são lindas”.  Um dia, quem sabe, publicaremos um ranking de brasileiras “0ut and proud”. Enquanto esse dia não chega, transcrevo abaixo a listinha com o top 10 do site EurOut com dez jogadoras europeias que, além de assumidas, são muito dignas no esporte que praticam.

Ei-la:

(mais…)

Read Full Post »

Thiago Soares, nosso querido colaborador e grande apreciador do vôlei feminino, faz uma avaliação do jogo Pinheiros e Osasco pelo Campeonato Paulista. Confira abaixo e deixe seus comentários.

Essa Superliga 2009/2010 está mesmo prometendo. Como quem não quer nada, de fininho, o time do Pinheiros/Mackenzie, do técnico Paulo Cocco, venceu o poderoso Sollys/Osasco, de Luizomar de Moura, por 3 a 1 e se sagrou campeão do Campeonato Paulista de Vôlei Feminino, na última segunda-feira. Com um voleibol vibrante, agressivo e aguerrido, o time do Pinheiros colocou uma salutar “pulga atrás da orelha” dos fãs de vôlei: surge uma quarta força no feminino, junto a Rio de Janeiro, São Caetano e Osasco? Espero, sinceramente, que sim.

(mais…)

Read Full Post »

Older Posts »