Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \26\-03:00 2008

Como nossa tradutora oficial está off hoje, postamos aqui o segundo teaser da última temporada de The L Word. Para quem não sabe inglês, fica a ajudinha na tradução do vídeo em espanhol, feita por Rogue, do site lesbicanarias. A legenda está fácil de ser entendida, mesmo para quem não domina a língua de Cervantes.

Atenção: o vídeo contém uma informação-bomba sobre o rumo de uma das personagens (apesar de não dizer qual delas), que para alguns pode soar como spoiler. Portanto, para os fãs que não curtem saber nada adiantado sobre a série, melhor nem apertar o play. Em breve, postaremos aqui outros vídeos e alguns spoilers que rolam na internet sobre o primeiro episódio da nova temporada, com data prevista para ir ao ar, nos Estados Unidos, em janeiro próximo.

Read Full Post »

Ok, todo mundo tá careca de saber. Todo mundo já sabe o que Lindsay confirmou e o que os assessores dela vivem desconfirmando. Todo mundo conhece seus dirty little secrets e que, assim como Kate Perry, ela já beijou uma garota. E gostou muito. Portanto, nunca é demais ver o casal LiLo & Sam trocando carícias e beijinhos, porque como diria a bíblia online das biscoitas – o AfterEllen – “visibility matters”. Com vocês, mais um flagra de Lindsay e Samantha, numa boate em Washington, na qual Sam discotecou dia desses.

quero beijar muuuito!

beija muuuuito!

Obs.: dizem as más línguas que Lindsay ainda anda tomando algumas, mesmo depois do rehab. E, como não poderia deixar de ser, ela teria tomado, nessa mesma boate, algumas doses de vodca…

Read Full Post »

Verdade ou mentira?

o homem do simbolo

o homem do símbolo

Ele já teve nome, sobrenome, um símbolo impronunciável como nome e, dia desses, ainda estava sendo atendido pela alcunha de “aquele que um dia foi chamado de Prince”. A mais recente “novidade” de Prince (bom, eu prefiro morrer chamando-o assim) foi deixar a entender numa entrevista ao The New Yorker que ser gay é errado. Ao ser questionado sobre algumas questões sociais, Prince, que hoje é Testemunha de Jeová, teria comentado:

Você tem os Republicanos, e basicamente eles querem viver de acordo com isso (Prince bate na Bíblia). Mas existe o problema de interpretação, e você tem algumas igrejas, algumas pessoas, basicamente fazendo e dizendo coisas que são daqui (da Bíblia), mas não são. E no lado oposto do espectro, você fica triste, você tem os Democratas, e eles são, tipo, `você pode fazer o que quiser´. Casamento gay, ou qualquer coisa. Mas nada disso está certo

Os comentários de Prince causaram certo alvoroço, por questões óbvias. O problema é que Prince, ou pelo menos os que respondem em nome dele, afirmaram ao site de Perez Hilton que as frases do cantor foram deturpadas. Ele inclusive acusa a repórter que o entrevistou, Claire Hoffman, de não ter utilizado a gravação da entrevista. Claire, por sua vez, jura que não gravou o bate-papo porque Prince não a autorizou. Segundo as fontes de Perez Hilton, o gesto que Prince fez quando usou a Bíblia queria dizer que ele segue seus ensinamentos, principalmente no que se refere ao tópico amar a todos e evitar julgar as pessoas. Portanto, o cantor estaria profundamente aborrecido com o incidente.

Para colocar mais lenha na fogueira, o blog da Wired publicou uma notícia sarcasticamente intitulada “Desculpe, Perez, o The New Yorker mantém sua história de Prince” na qual a revista reafirma tudo que Prince supostamente disse à repórter Claire Hoffman. Ao que tudo indica, o disse-me-disse ainda vai render.

Read Full Post »

Olha Porto Rico aí gente

Chicas lesbianas de todo o mundo, atenção: agora é Porto Rico quem tem uma novela com personagens lésbicas. Estamos falando de Al Borde del Deseo (se sua língua não fizer curvas suficientes na pronúncia, então você está falando errado). Um subplot da trama envolve as personagens Cecilia (Sully Diaz), uma mãe de família cujo marido está na Guerra do Iraque e uma policial interpretada pela cafuçu fisioculturista Nashali Enchautegui. Ainda não temos cenas porque o melodrama está apenas começando. A se tomar pelas fotos das atrizes, mal dá para esperar o nível de dramalhão (a da esquerda é Sully e a da direita é Nashali):

"a mi me gusta las chicas"

"a mi me gusta las chicas"

Read Full Post »

Image Nation 2008

a vida por uma lente

annie leibovitz: a vida por uma lente

Para aqueles que estão sempre procurando filmes com temática gay, bi e trans, mas têm dificuldade para encontrar, aqui vão algumas dicas selecionadas pelo jornal Mirror e que fazem parte do festival Image+Nation 2008, que está acontecendo em Montréal até o próximo dia 30.

Começo por Annie Leibovitz: Life Through a Lens. Segundo o jornal, o filme finalmente torna pública a vida em comum de Leibovitz e Susan Sontag. Deve valer a pena pelas personagens que são interessantes. Conto mais detalhes se tiver a oportunidade de ver.

(mais…)

Read Full Post »

a preferida da casa

a preferida da casa

Saudades de Leisha? Preciso dizer que eu também? Pois bem, senhoras. Parece que o badalado spin-off estrelado pela nossa amada Leisha Hailey vai ter um quê de violência digna da ótima série online biscoita Girltrash. Pelo menos é que se pôde entender sobre o piloto do programa, cujos detalhes vazaram no site do The L Word Oline , esta semana. O piloto, intitulado The Farm, será apresentado ao canal Showtime, que transmite The L Word nos Estados Unidos. Terá inicialmente 20 minutos de duração e pelo menos sete personagens femininas. O início das filmagens está previsto para 10 de dezembro.

Mas como nem tudo na vida biscoita são flores, em entrevista ao site Metromix, Leisha jogou um pouco de água fria nas nossas expectativas (bem, nem tanto…). Segundo ela, o spin-off não vai ser exatamente tudo isso que estamos sonhando. Olha só que o ela comentou:

Metromix: Em prol dos incontáveis fãs de The L Word e Alice Pieszecki, há alguma mínima coisa que você pode contar sobre o spin-off do programa proposto?

Leisha Hailey: Bem… ainda não tem nada fechado; é só um piloto. Definitivamente não vai ser o que as pessoas estão esperando, vamos dizer assim. Nós temos os fãs mais fiéis da face da Terra, então eu realmente espero que eles não se aborreçam com os rumos da personagem na nova série. Veremos.

Deixando de lado um pouco o que Leisha nos tem a dizer, o fato é que o programa, ainda que frustrante (se é que realmente vai ser frustrante), propõe trazer boas personagens para a telinha. Vejamos o que os idealizadores do spin-off têm em mente sobre o perfil das principais personagens, de acordo com as informações divulgadas pelo The L Word Online:

Wade Dawson – Sexo feminino, tem cerca de 25 anos, sem etnia definida. É arrogante e linda. Segue uma dieta restrita de anti-psicóticos para combater seus rompantes de violência e ódio interno, também auto-medicados com sexo de intensa e indiscreta variedade. A luta interna de Wade é suficiente para quase quebrar o seu coração, até você se lembrar quão fácil ela conseguiria quebrar você.

Graciele Martinez – Latina ou de descendência afro-americana. Está saindo da casa dos 20. É conhecida com a líder da gangue, com um histórico de drogas, assaltos e todo tipo de violência física. Na rua, seus “compadres” podem até vê-la como uma mãe, mas Graciela reserva seu verdadeiro instito materno para as duas filhas a quem ama profundamente e por quem faria qualquer coisa para proteger.

Valentina Galindo – Está quase deixando seus 30 anos para trás. Valentina é uma personagem de proporções míticas. Alguns diriam que ela é uma gângster durona, que ordena mais assassinatos do que seus equivalentes masculinos juntos. Outros jurariam que ela é uma ativista comunitária e que, certamente, sua aparência modesta, sua inteligência evidente e sua maneira articulada evidenciariam isso.

Margaret Elder – Está no fim dos 30/começo dos 40. Branca ou negra. Margaret é cheia de ambição, por vezes cruel, o que permite que ela se dê muito bem na vida e na carreira, muito além de seus colegas e superiores. Algumas vezes sarcástica, Elder é uma mulher osso duro de roer e, de modo algum, uma feminista. Mas até as maiores crueldades de Elder não podem esconder totalmente a figura atrativa e de boa aparência que está surgindo..

Helen Miller – Branca, tem pouco mais de 40 anos. Aparentemente é nada nonsense e sem dramas. Apesar de por vezes insensível, Miller é uma mulher de consciência que se preocupa com coisas como justiça, dignidade a humanidade. Enquanto outros tentam andar na linha, Miller está desejando lutar contra o “status quo” para deixar as coisas no lugar certo.

Sheri Silva – Tem entre 30 a 40 anos. Latina ou branca. Sheri Silva é de um beleza delicada e influenciável – do tipo que faz amigos rápido. Paqueradora, apesar de nunca admitir, e super manipuladora, ela trabalha duro para fazer com que os relacionamentos funcionem para ela.

Tootsie Freed – Branca, está quase deixando a casa dos 20. Um dieta de drogas a deixou sedenta e necessitada de substâncias ilícitas e relacionamentos interdependentes. Ela pode até parecer reticente e retraída em público, mas sabe muito mais do que você imagina sobre quem é quem e o que está acontecendo. No íntimo, é uma possessiva hostil e irá lutar com você até a morte se cruzar o caminho dela.

A grande dúvida que pairou no ar, pelo menos para mim, foi: onde entrará a jornalista Alice Pieszecki, interpretada por Leisha em The L Word, nessa história toda? Pelo que pudemos ver das personagens da série, não há nenhuma referência explícita – ou implícita – sobre o que será de Alice…

Alguma sugestão ou será que perdi alguma coisa?

Read Full Post »

Fim de Semana On The Video

A partir de hoje, sempre às sextas a noite, o lebiscoito dá uma forcinha ao seu começo de fim de semana com um clipe animadinho. A começar com Take me on the floor, by The Veronicas. Eles querem beijar garotos e garotas. E vocês?

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »